Já adianto que o meu preferido é o último (Rota das Tulipas, em Noordoostpolder), mas que super recomendo visitar o segundo (Rota dos Bulbos, perto de Amsterdam), onde fica o primeiro (Parque Keukenhof). Pois é… se depender de mim, vai acabar visitando os três. ?

Mas antes deixa eu te contar um pouco sobre como essas flores chegaram na Holanda e por que elas chegaram a valer mais do que uma casa no século XVII. E como isso levou ao estouro da primeira bolha financeira do mundo, a bolha das tulipas.

Tulipomania

As tulipas são originárias da Ásia, mais especificamente da região do Cáucaso, da Armênia e do Irã.

A teoria mais comum sobre sua chegada na Europa é a de que, depois de começar a ser cultivada no Império Turco Otomano a partir do ano 1000, ela teria sido levada para a Europa, no século XVI, por Ogier Ghiselain de Busbecq, embaixador do Império Austríaco.

As sementes teriam sido entregues para Carolus Clusius, botânico e diretor do Jardim Imperial de Viena.

Em 1593, quando Clusius aceitou uma posição de professor honorário de botânica na Universidade de Leiden, na Holanda, ele supervisionou o estabelecimento do Jardim. E, nele, plantou alguns de seus próprios bulbos de tulipa. No ano seguinte floresciam as primeiras tulipas da Holanda.

Naquele mesmo ano ele escreveu a um amigo reclamando que, ao invés de presentear com flores, as pessoas as estavam vendendo e que, por isso, ele recusava-se a dar bulbos para quem lhe pedia. Mas, desde 1580, as flores de Clusius vinham sendo roubadas de seus jardins

O preço da tulipa comecou a subir. Quanto mais rara a flor, mais cara.