LOADING

Type to search

Share

Quando a gente pensa em um destino para viagem com crianças, raramente pensa em Londres. Mas a capital inglesa, que nós adultos amamos (como vocês podem ver aqui), oferece inúmeras opções para fazer a alegria dos pequenos. Neste post, vamos mostrar 5 passeios diferentes para você se divertir com a garotada.

1. CUTTY SARK: o navio museu

O Cutty Sark é um é um navio veleiro (da classe clipper) construído em 1869 para transportar chá, e outras mercadorias, entre a Grã-Bretanha e China, após a abertura do Canal de Suez (no Egito). Ficou famoso por ter batido um recordes de velocidade, um fator decisivo para este tipo de barco e que contribuiu para o domínio marítimo britânico.

Depois de se dedicar ao transporte de lã para a Austrália, que também era colônia britânica, foi vendido a uma companhia comercial portuguesa e, em 1922, comprado pelo capitão aposentado Wilfred Dowman, que usava a embarcação como navio de treinamento.

Após a morte de Dowman, o Cutty Sark foi transferido para o Thames Nautical Training College, e em 1954, o veleiro foi para Greenwich, colocado em uma doca-seca de cerca de 3 metros de altura e aberto ao público como um museu. Em 2007, durante uma restauração, um incêndio quase destruiu o navio, que foi reinaugurado para visitação pela rainha Elizabeth II em 2012.

O passeio pelo navio é uma verdadeira aula de história e de navegação. Começa pelos porões, e vai subindo pelos andares da embarcação até chegar ao deck. Com vídeos, painéis interativos, jogos, e uma “tripulação a caráter” que explica como era a comida, os dormitórios, e a as jornadas no barco, a criançada (e os adultos) aprendem e se divertem, sem ver o tempo passar.

No final do tour, dá para comer um lanche com os pequenos no café do museu, que fica embaixo do navio, onde a criançada ainda pode brincar em várias atividades lúdicas e os pais se encantar com a majestosa vista do casco de cobre restaurado, montado sobre uma estrutura de vídeo lindíssima. Ah, não deixe de passar na loja de souvenirs do museu, há lembranças de todos os tipos, além de brinquedos educativos sobre navegação, bússolas, nós marítimos, que são ótimos presentes.

Ingressos: você pode comprar os ingressos no local ou pelos SITE. O ingresso de adulto custa 12,15 libras e de criança 6,30 libras.

Quando ir: O Cutty Sark abre diariamente das 10am às 5pm.

Como chegar: o endereço é King William Walk, Londres SE10 9HT. Você pode chegar de DLR (espécie de metrô de superfície da região das docas em Londres, com ligação com o metrô normal) descendo na estação Cutty Sark for Maritime Greenwich. Ou também pode ir de barco com o Thames Clippers, que tem “pontos” em vários locais pelo Tâmisa.

2. LEGOLAND: diversão entre os bloquinhos

Inaugurada em 1996, a Legoland fica em Windsor, a cerca de 40 km do centro de Londres. Como todo grande parque temático, também tem hotéis dentro do parque, para aqueles que querem curtir um fim de semana inteiro de diversão.

As atrações agradam desde bebês até uns 10 ou 12 anos. De cinema 4D, atrações multimídia, passando por shows com os principais personagens, até parque aquático, pode ter certeza que um dia talvez não seja o suficiente para conhecer tudo.

O parque é dividido em zonas temáticas, como a terra dos Vikings, o reino dos Faraós, reino dos Cavaleiros entre outras. Algumas atrações podem ter filas longas, então vá primeiro nessas. Quando estive lá, em agosto de 2018, a preferida da garotada era o Ninjago World. Confesso que eu mesma me diverti horrores “atirando virtualmente” em inimigos dos pequenos ninjas de lego.

Outra atração muito legal é a City Driving School. Lá os pequenos entre 6 e 13 anos aprendem leis de trânsito, dirigem seus carros de Lego, e saem de lá com sua “carteira de motorista”. Diversão e aprendizado garantido! Para os menores, de 3 a 5 anos, tem a L-Drivers, onde também aprendem a dirigir e saem com sua carteira. Não esqueça de levar um documento com foto dos pequenos, para poder tirar dua “driver license”. Se não tivesse limite de idade, até eu tinha feito a aula, pois ô coisinha difícil que é dirigir na mão inglesa…. J

Os shows acontecem no Hearthlake City em horários marcados (de meia em meia hora). Aproveite esse momento na “arquibancada” para fazer um lanche com a garotada.

O parque conta com inúmeras lanchonetes, banheiros e, é claro, lojinhas tentadoras com centenas de brinquedos para crianças e adultos. Impossível sair de lá sem um Lego sequer. Importante: nem todas aceitam dinheiro, então leve cartão de crédito ou débito. Outro detalhe interessante: além de bebedouros, o parque tem “dispensers” de filtro solar. Se você acha que Londres é sempre chuvoso, não subestime o calor do verão inglês. Beba muita água e use muito protetor!

#DicaVPM: baixe o aplicativo do parque no celular. Lá tem todas as informações, mapa, horários, tudo que você vai precisar antes e durante a visita. Vai por mim, vocês vai usar mesmo! Clique AQUI para baixar.

Ingressos: o melhor – e mais barato – é comprar pela internet. Não é incomum ter descontos para combos ou datas especiais. O ingresso mais barato para um dia custa 32 libras (se comprado com antecedência e pela internet). Você encontra todas as informações AQUI. OBS: se for de carro, compre o ticket do estacionamento pelo site também. Facilita na hora e chegar e sair.

Quando ir: se puder evitar feriados e finais de semana melhor, porque lota. Também tente evitar dias muito quentes, porque você vai caminhar bastante a ceu aberto. A mesma coisa para dias muito frios ou com muita chuva. Consulte a previsão do tempo, que é muito eficiente na Inglaterra. Os dias e horários de funcionamento variam de acordo com as estações (em janeiro e fevereiro fica fechado), mas normalmente abre às 9:30 e fecha às 17:00. OBS: mesmo o parque abrindo às 9:30, normalmente os brinquedos começam a funcionar às 10:00 (para dar tempo da galera estacionar, passar pelas bilheterias, etc). Consulte os horários de funcionamento AQUI.

Como chegar: você pode ir de trem da estação Paddington Station até a estação Windsor & Eton Central. Ou da estação London Waterloo para a estação Windsor & Eton Riverside. Perto de ambas as estações há ônibus que levam ao parque. Tem algumas placas e pessoas vendendo o ticket que você também consegue comprar no próprio ônibus e custa aproximadamente 5 libras o trecho por adulto. Outras opções para chegar ao parque vocês pode consultar AQUI.

3. HAMLEYS: uma das maiores lojas de brinquedos do mundo!

Qual a criança que não adora ir numa loja de brinquedos? Fundada em 1760, a Hamleys é muito mais que uma loja, é uma verdadeira experiência!

São 7 andares com todo tipo de brinquedo e atrações. Animadores demonstrando novos produtos, lugares onde as crianças podem experimentar os brinquedos, áreas temáticas como Lego, Star Wars, Harry Potter, entre outras…. um verdadeiro paraíso para menores e maiores!

Curiosidades:

  • O nome original da loja era “Arca de Noé”, que permaneceu por 120, até a mudança pro atual endereço, na Regent Street, quando passou a se chamar Hamleys, em homenagem ao fundador William Hamley.
  • A loja tem o o prestígio de ser fornecedora de brinquedos e artigos esportivos da família real.
  • Durante a Segunda Guerra Mundial, a loja foi bombardeada 5 vezes. Para não deixar de atender os clientes, na porta da loja, os vendedores usavam capacetes.

Mas a característica mais tradicional – e fofa – da Hamleys é a sua Fábrica de Pelúcias. A criança escolhe o tipo de bichinho, o preenchimento, as roupinhas e acessórios que quer, e acompanha o “nascimento” do seu filhotinho, que sai com certidão de nascimento e tudo!

Quando ir: a dica é ir durante a semana e chegar cedo! Antes que um verdadeiro “tsunami” de pais e crianças lote cada espacinho. A loja abre de segunda a sexta das 10:00 às 21:00. No sábado das 9:30 às 21:00 e no domingo das 12:00 às 18:00.

Como chegar: a Hamleys fica na Regent Street, 188-196. As estações de metrô mais próximas são Oxford Circus, Piccadilly Circus e Tottenham Court Road.

4. OXYGEN FREEJUMPING: parque de cama elástica!

Se uma cama elástica já faz a alegria da criançada, imagina um lugar com centenas delas integradas, um super airbag, quadra de dodgeball (queimada), quadra de basquete, piscina de espuma, slackline e parkour, tudo isso em cima dos “pula-pulas”! É diversão – e cansaço – garantido!

Para entrar na brincadeira, basta “agendar” um horário pela internet. Cada sessão dura uma hora. Você pode comprar mais de uma, mas garanto que uma hora é mais que suficiente. A idade mínima é 3 anos. E crianças entre 3 e 5 anos só pode entrar acompanhada de um adulto. Eu entrei, e confesso que me diverti tanto ou mais que eles! Também será necessário comprar a meia adequada para pular. Eles vendem no local. Você precisa chegar meia hora antes, para se preparar e assistir o vídeo de segurança. Depois, é só curtir!

A Oxygen possui vários endereços na “grande Londres”. Eu fui na de Croydon, cidade que fica mais afastada do centro. Mas tem em Greenwich e no norte de Londres.

Ingresso: o preço da hora para adulto ou criança é 12,60 libras (comprando pela internet). A meia custa mais 2 libras (e fica pra você). Compre AQUI seu ingresso. 

Quando ir e como chegar: a maioria dos parques funciona das 10:00 às 21:00 durante a semana, e a partir das 9:00 no fim de semana. Verifique o parque escolhido no SITE para ver os horários e como chegar em cada um deles.

5. FAZENDA DE LAVANDA MAYFIELD: um pedacinho da França na Inglaterra.

Quando a gente pensa naqueles campos floridos e cheirosos de lavanda, logo vem à cabeça a França. Mas nos arredores de Londres, a Fazenda de Lavanda Mayfield é uma grata surpresa e um passeio delicioso para adultos e crianças.

Além da oportunidade caminhar pelos campos todos roxinhos quase que infinitos, com vários “enfeites” para fotos maravilhosas – como a tradicional cabine de telefone vermelha, o lugar tem opção de festas, passeios de trator, um café com delícias feitas da própria lavanda e, claro, uma lojinha com produtos perfumados.

A garotada se diverte correndo entre as flores, e você relaxa tomando um chá enquanto tira lindas fotos! Depois aproveite para inscrever suas imagens no concurso de fotos do site da Fazenda.

Ingressos: a entrada custa 2 libras por adulto. Menores de 16 anos não pagam. Você paga na entrada mesmo. O estacionamento é grátis.

Quando ir: a Fazenda abre de 10 de junho a 16 de setembro diariamente, das (:00 às 18:00. A lavanda começa a florescer em junho, e o seu ápice é em julho. Estive lá em agosto e, apesar de ter feito muito calor (que prejudicou as plantas) nas semanas anteriores, ainda tinha muita flor. É recomendável ir durante a semana, pois nos finais de semana fica bem cheio (e você não vai conseguir uma foto “sozinho”).

Como chegar: o lugar fica em torno de 24 km do centro de Londres. O endereço é: 1 Carshalton Rd, Banstead SM7 3JA. O jeito mais fácil de ir é pegar um trem na estação Victoria para Sutton ou Cheam, e de um destes lugares pegar um uber ou taxi para a Fazenda. Todas as informações você encontra AQUI.

Dicas importantes para viagens com as crianças:

  • Lembrar de sempre carregar um lanchinho, água, protetor solar, boné e uma roupa extra pros pequenos.
  • Também é bom ter um brinquedo ou jogo, para passar o tempo em trânsito, aeroportos, etc.
  • Planeje para que os passeios não durem mais do que a garotada possa suportar. Caminhar muito pode se tornar um tormento para filhos e pais.
  • Leve uma farmacinha para qualquer necessidade.
  • Sempre faça o seguro viagem. A última coisa que queremos é ver nossos filhos doentes a quilômetros de distância de casa. Mas se acontecer, é importante ter assistência rápida e eficaz. Para fazer cotação de seguro, clique AQUI.
Tags:
Gabi Brunelli
Gabi Brunelli

Gaúcha que nasceu em São Paulo, mãe da Luiza, apaixonada por viagem, mergulho, fotografia e futebol. Descobriu que sofre de crises de abstinência se não tiver pelo menos dois roteiros já planejados. Nem que seja até a cidade ao lado. Publicitária de formação, curiosa por opção.

    1

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

%d blogueiros gostam disto: